sexta-feira, março 18, 2011

Crónica de uma ausência não anunciada

Mais uma longa ausência da minha parte. Entre desastres naturais, revoluções, crises económicas e políticas a minha vontade de passar por aqui e fazer os meus comentários diminuiu consideravelmente. Minto. Não foi a minha vontade, mas antes a noção da relevância dos ditos comentários no esquema global das coisas. 
Para além disto, cada vez mais tenho a sensação de que escrever num blog é estar numa forma de expressão moribunda, num mundo cada vez meis regido por facebooks e twitters. Será que se justifica manter este espaço neste contexto?
Digam os meus leitores de sua justiça. Será que esta árvore fará barulho na floresta quando já não houver ninguém para a ouvir? Vale a pena continuar ou é preferível deixar-me ficar pelo facebook (pelo qual tenho uma certa embirração) e twitter (embirração ainda maior e nenhuns seguidores...)
Digam de vossa justiça: alguém sentiu a falta deste blog???

3 comentários:

at_chim disse...

Senti sim! O FB não substitui os blogs: aqui com mais calma expões o que sentes, o que opinas, o que viveste. Nós comentamos ou não, mas lemos!

Luis disse...

Eu passei por cá várias vezes expectante para ler as novidades mas elas tardaram em surgir...
Gosto deste espaço e senti tenho todo o gosto em ler o por aqui se diz :)

Bruno Sales disse...

Para que tem o que dizer, é sempre melhor o blog que os facebooks e twitters...